the soft moon “zeros” 2012

the soft moon zerosThe result is complete immersion. Zeros opens with “It Ends,” a rumbling eerie epic that explodes and then fades. The slowing breath and pulse at the finish signify our break with reality as consciousness drifts deeper into Vasquez’ world.

rapidgator

Esta entrada foi publicada em 2012, the soft moon. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s